27/04/2011

Welcome...



Sejam muito bem vindos ao Blog:
 Municípios Goianos

Este blog foi criado a partir de um projeto que se iniciou em 2007, com a finalidade de divulgar, em todos os aspectos: econômicos, sociais, históricos e culturais, os 246 municípios de nosso querido e amado estado de Goiás.

Conhecer a formação e a cultura do seu município, do seu estado e do seu país é obrigação fundamental de qualquer cidadão... Devemos valorizar nossa história, nossa riqueza e nossos costumes... e este é o intuito desse blog, apresentar ao mundo como nosso estado se desenvolveu e a força histórica e cultural de nossas cidades...

Entretanto, pedimos desculpas aos visitantes, pois a grande maioria dos municípios ainda não estão com suas páginas completas, constando somente de um "molde" onde serão inseridas as informações. 

O projeto é antigo, porém a ideia do blog é nova, temos bastante informações arquivadas, todavia, nossa equipe está um pouco sem tempo para postá-las no blog... por isso a maioria ainda não foi desenvolvida...

Estamos abertos à contribuições!

Se você também é um apaixonado pela sua cidade e se interessar em nos ajudar a estruturar a página de seu município, sinta-se livre para nos enviar uma mensagem ou postar seu comentário.

Nosso e-mail é: projetogoias@hotmail.com

Estamos aguardando seu comentário e sua colaboração...

Muito obrigado a todos.

Atenciosamente, 

Equipe do Projeto Goiás


05/04/2011

Abadia de Goiás


Município de Abadia de Goiás
  
Vista da Cidade

Bandeira
Brasão
Data de Fundação: 29/03/1956
Data de Emancipação: 27/12/1995
Data da Instalação: 01/01/1997
Municípios de Origem: Goiânia, Aragoiânia, Guapó e Trindade
Aniversário: 29/03 (58 anos/fundação; 19 anos/emancipação)
Gentílico: Abadiense
Prefeito 2013/2016: Romes Gomes e Silva (PSDB) 
N° de Vereadores: 09
CEP: 75.345-000


Localização
Ficheiro:Goias Municip AbadiadeGoias.svg
16° 45' 25" S 49° 26' 16" O
Código IBGE: 5200050
Mesorregião: Centro Goiano
Microrregião: Goiânia
Municípios Limítrofes: Trindade e Goiânia (N), Goiânia (L), Aragoiânia e Guapó (S), Trindade (O).
Distância até a Capital: 20 km

Características Geográficas

Área: 146,778 km² (GO: 231°)
População: 7.567 hab. est. 2013  (GO: 121°)

Densidade Demográfica: 51,5591 hab./km² 
Altitude: 898 m

Indicadores

N° de Eleitores: 6.611 est. 2013
Taxa de Alfabetização: 92,97% est. 2010
Taxa de Mortalidade: 27,70 est. 2000
IDH: 0,708  est. 2010 (GO: 87°)(BR: 1665°)
PIB: R$ 51.766.164,00 est. 2010 (GO: 158°)
PIB per capitaR$ 7.537,30 est. 2010

Evolução Populacional


            Levando em consideração que o município foi criado em 1995 e instalado somente em 1997, abaixo segue a evolução populacional de Abadia de Goiás:

             2000 ---> 4.971
             2007 ---> 5.868          
             2010 ---> 6.868
             2013 ---> 7.567

Fonte: IBGE
Histórico

             As famílias: Alves Forte, Alves Queiroz, Alves de Oliveira, Alves de Carvalho, Alves Galvão, foram considerados como os  coronéis da região (Quartiões, Assim eram chamados os coronéis da época). Estas famílias por volta de 1840 adquiriram da Fazenda Nacional (Governo), amplas áreas de terras  (mata virgem), como todos que compravam quadras de campos ou léguas desmatariam para criação de gado e plantio de lavouras, o latifúndio era a regra e com ele em vista da escassa população, tinha-se em mira assegurar o domínio de tão vastos territórios, não só com trabalho como também com armas. Movidos pelos interesses e desejos de promoverem o desenvolvimento das pessoas no qual pareciam que já haviam fixado diversos moradores, dando os primeiros sinais de vida e progresso, os coronéis resolveram mandar medir as áreas dividindo-as em lotes de 4000 por 400 metros separados por travessões (cerca de madeira) as que se chamou mais tarde de linhas.
             Esses senhores passavam procurações a seus filhos mais novos que administrariam as propriedades, como foi o caso de Antônio Alves Forte que com o falecimento de seu pai assumiu a fazenda, até hoje é a sede principal da região. Fazenda essa que se chama Poções. Ali casou - se com Maria Felicia de Jesus, os quais tiveram onze filhos, João Alves Forte, Antônio Alves Forte, Francisco Alves Forte, José Alves Forte, Joaquim Alves Forte, Messias Alves Forte, Perciliana Alves Forte, Maria Madalena Alves Forte, Maria Vitória Alves Forte, Ana Alves Forte e Eduardo Alves Forte, que dando continuação às tradições passadas pela família, com o falecimento de seu pai, em 1907, os irmãos ficaram reunidos na fazenda até se casarem, ficando por último Eduardo.
            Conforme a tradição, os filhos mais novos assumiam a sede, assim aconteceu, Eduardo passou a ser o quartião da região (coronel), administrando os bens deixados pelos seus pais, que se casou com Ana Marques da Cruz filha de família tradicional em Minas Gerais, tiveram três filhos, Fleuripes, Orminda e Gorgônio Alves Forte, que mais tarde veio a ser líder político formando assim uma corrente de grandes líderes na área da agropecuária, que eram eles: Eduardo Alves Forte, Manoel Libânio (Pedro), Manoel Limíro, José Basilio Ribeiro, José Ferreira  (Anésio), Joaquim Basílio, Juvenal Queiroz, Ovídio Basílio Ribeiro, Landinho Queiroz, Antônio Alves de Queiroz, Antônio Teodoro Toledo, Sebastião Martins, José Pedro da Costa; foram estes os primeiros moradores da região.
            Em seguida chegou na região um senhor por nome Paulino Rosa que comprou do senhor Manoel Pedro uma pequena gleba de terra, que juntamente com o seu filho Inácio Rosa (Badico), construíram a primeira  casa (em 29 de março de 1956) do povoado de Abadia de Goiás, hoje o município. Foi Badico também que colocou o primeiro comércio na sede do município, e o primeiro loteamento, logo em seguida foi chegando outros moradores, como o senhor Honoro e Chico da Mata, que construíram suas residências, em mais dois comércios.
           Em seguida começaram novos loteamentos, como a Vila Goiany, do Sr. Manoel Pedro, Vila Nossa Senhora da Guia, de Gorgônio A. Forte, com a abertura dos loteamentos foram chegando novos moradores, formando uma pequena comunidade.
            O povoado foi se desenvolvendo rapidamente e devido seu desenvolvimento o Badico teve a  idéia de construir uma Igreja, despertando assim o interesse nos moradores, que organizaram e fizeram o primeiro festejo em 15/08/1960, as margens da Rodovia BR 060, formaram uma comissão, para a construção de uma Igreja.  Manoel Pedro doou quarenta litros de terra (40.000 m²), Badico cinco litros (5.000m²), Gorgônio administrou a construção, os demais da população patrocinaram com recursos financeiros, a comissão era formada pelos seguintes nomes: Conselheiro - José Pedro da Costa, Pelagio Luciano Alvez, Manoel Limíro, Sebastião Ferreira de Oliveira, Joaquim Basílio, Sebastião Cândido Rios.  Esta comissão foi formada em 20/07/1962. O segundo festejo realizou-se nesse mesmo ano no local da residência do Sr. Pedro Chico, após esse festejo foi chegado ao conhecimento de Don Fernando e do padre Nelso, vigário da paróquia de Campinas.
               No dia 10/10/1962 o Engenheiro Orlando Fagundes de Queiroz loteou uma gleba de terra que conta de 8 (oito) quadras e 66 (sessenta e seis) lotes e uma quadra de 1.682,50m quadrados e uma área de viela ou estacionamento. O senhor Inácio Rosa (Badico), resolveu lotear suas terras para beneficiar o andamento da cidade. No dia Dez de Março de 1963, foi celebrada a benção da pedra fundamental,  por fim Dom Fernando e pelo Padre Nelson Antônio. A inauguração da Igreja aconteceu no mês de Agosto com a chegada da Imagem de Nossa Senhora da Abadia no dia 15/08/1963 e com a celebração de uma grande festa que se tornou uma tradição para o povo de Abadia de  Goiás. O primeiro posto de gasolina foi construído por Dorivaldo (Dori), que em seguida vendeu para Gorgonio (Nego Forte), que ampliou o posto e construiu uma churrascaria, Posto e Churascaria do Nego Forte, que até hoje permanece com tradicional nome. Gorgonio (Nego Forte), como já foi dito antes, era o líder político da região, lutava diuturnamente em busca de benefícios, ele não media esforços para conseguir seus ideais.
              Em 1964, organizou um grande churrasco, que marcou com as presenças do presidente da CELG, Odilon Barbosa, o Senador Iris Resende, Deputado estadual na época, Mauro Borges, Governador da época, foi nesse dia que foi oficializado o primeiro pedido de energia elétrica para o povoado, que foi autorizado quase doze mil metros de rede de energia elétrica para Abadia de Goiás, mais infelizmente, veio à revolução, e nada pode ser feito, porque todo quadro administrativo do estado foi mudado.
                Então, resolveram formar uma cooperativa (CETENTRIGO), o interesse não era só beneficiar Abadia de Goiás, como também, os Povoados de Cedro, Santa Maria, além da rede de energia, reivindicou junto a  DITELGO Companhia de Telefônica, um posto telefônico para Abadia de Goiás, da linha que daria acesso de Guapó ao município de Aragoiânia, em troca deste posto ele doou 10 postes de Aroeira, para a devida rede, que dava acesso a Aragoiânia, mas Sr. Badico,  interferiu e não deixou que o povoado fosse beneficiado.
              Em Janeiro do ano de 1964 o Senhor Badico construiu um clube, para animar a cidade,  o Clube do Badico como era chamado, media doze metros de frente e dezoito metros de fundo. No dia 12/12/1966 foi fundado a Irmandade do Apostolado do Sagrado Coração de Jesus, pelo Padre da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida de Campinas- Goiânia, pelo Padre José Watteres. No ano de 1967 foi celebrada uma Santa missa pelos padres Clovis, Santiago e Padre Antônio e neste mesmo ano Abadia de Goiás recebeu a visita da Imagem Do Divino Pai Eterno, que ficou na Igreja por três dias com a realização de novenas efestas. No ano de 1968, foram crismados por Dom Fernando no dia 07/12/1968, 38 crianças catequizadas por Dona Salma Jorge Rosa. Nessa mesma época, despertou o interesse  de se integrar na política, para isso formaram uma nova comissão juntamente com população para que fosse escolhido um nome para o primeiro representante direto do povoado, foi escolhido o nome (Nego Forte), que eleito nas eleições de 1970, em uma gestão de dois anos, em 1972, foi novamente eleito a vereador em uma gestão de quatro anos, Nego Forte, sempre foi grande líder político na região. Seguindo assim as mesmas tradições das famílias ali chegadas no século passado.
              Após muita luta do Governador do Estado de Goiás na época o Dr. Irapuan Costa Júnior e o Prefeito de Goiânia o Senhor Francisco de Freitas Castro, a cidade de Abadia de Goiás no dia 10/08/1976, recebeu a energia elétrica. No dia 16/05/1982, foi inaugurado pelo governador Dr.Ary Valadão a linha de ônibus Goiânia à Abadia de Goiás em 1982, foi novamente eleito a vereador, como líder e representante desse povo, continuou sua luta em prol de benefícios, para o desenvolvimento do pequeno povoado, os quais chegaram em seguida como: O Posto Telefônico, Posto de  Saúde, Escola de Primeiro Grau, Asfalto, Posto Policial, Água Tratada, Energia Elétrica e vários outros.
               Em 29 setembro de 1987 com o acidente Radiológico ocorrido em Goiânia (CÉSIO 137) deu-se a vinda dos rejeitos ao povoado de Abadia de Goiás por imposição dos Governos Municipal e Estadual. Após a transferência criou-se pelo Decreto 666 de 05 de junho de 1990, assinado pelo Prefeito de Goiânia Nion Albernaz o Distrito de Abadia de Goiás, e em seguida o processo de Emancipação Política do referido Distrito, que ficou suspenso até meados de 1995. Retomado pelo pedido de desarquivamento da então deputada Estadual Daria Alves Rodrigues e formando uma comissão pro-emancipacionista composta pelos seguintes membros: Divino Alves dos Santos, Antomar Moreira dos Santos, Hildebrando Cardoso Lourenço, Gonçalo Fideles Soares Filho, Farmacêutico Jairo, Jose Cardoso Lourenço não tendo esta comissão um líder isolado foram como os lendários mosqueteiros, um por todos e todos por um, nascendo ai a idéia de  independência política socioeconômica e administrativa, seguindo o exemplo, de  tantos outros novos municípios, que na emancipação encontrou-se o caminho certo para o desenvolvimento.
Fonte: IBGE

Origem do nome

           Quando o povoado foi fundado, o primeiro nome idealizado foi Abadia dos Dourados, por estar próximo ao Ribeirão Dourados. Todavia, após várias discussões, foi sugerido Abadia de Goiás pelo Sr. Antonio Queiroz e acatado por todos presentes na época. O nome Abadia se deu em homenagem a uma santa, pois Inácio Rosa (Badico), um dos fundadores, após ter se submetido a uma cirurgia no Rio de Janeiro, fez uma promessa a Nossa Senhora da Abadia de construir uma capela em seu nome, por esse motivo o pequeno povoado foi também batizado com este nome.


Formação Administrativa

  • Distrito criado com a denominação de Abadia de Goiás, pelo decreto nº 666, de 05-06-1990, subordinado ao município de Goiânia.
  • Elevado à categoria de município com a denominação de Abadia de Goiás, pela lei estadual nº 12799, de 27-12-1995, desmembrado de Goiânia, Aragoiânia, Guapó e Trindade. Sede no atual distrito de Abadia de Goiás. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997.
  • Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.
  • Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2010.
Fonte: IBGE

Distritos e Povoados

O município de Abadia de Goiás possui os seguintes núcleos urbanos:

Povoado:
  • Vila Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (parte da vila pertence a Goiânia)

Aspectos Econômicos

Pecuária (2012)

  • Galináceos
  • Bubalinos
  • Bovinos
  • Caprinos
  • Equinos
  • Muares
  • Ovinos
  • Suínos

Produção Agrícola (2012)
  • Arroz
  • Mandioca
  • Manga
  • Milho
  • Soja
Produção de Origem Animal (2012)
  • Leite
  • Ovos

Produção de Origem Mineral (2012)
  • Não houve
Balança Comercial (2013)
  • Exportações (US$): 651.262
  • Importações (US$):      -
  • Saldo (US$)          : 651.262

Climatologia



Dados Mensais da Climatologia: Abadia de Goiás - GO
MêsTemp. Min. (°C)Temp. Máx. (°C)Precipitação (mm)
Janeiro19.729.4250.5
Fevereiro19.730.2215.8
Março19.630.2212
Abril18.530108.4
Maio16.529.129.2
Junho14.628.65
Julho14.128.811
Agosto15.931.25.6
Setembro18.231.837.1
Outubro19.531.1141.6
Novembro19.729.8232.2
Dezembro19.729.1280.7
Fonte: Tempo Agora

Páginas do Município


Bairros e Mapas


A zona urbana da cidade de Abadia de Goiás está divida em 15? bairros/setores:

01. Central (Centro)
02. Dom Felipe
03. Daniela Park
04. Santa Bárbara
05. José Mendonça
06. Jardim Nova Abadia
07. Vila Goiany
08. Arco Íris
09. Chácara Santa Marta
10. Jardim Florita
11. Pablo Vasconcelo
12. Parque Izabel
13. Rancho Dourado
14. Renascer
15. Vila Nossa Senhora da Guia

Zona Urbana de Abadia de Goiás
      Sede do Município                                  Zona Rural                                      
      Parque Est. Telma Ortegal                      Loteamentos de Chácaras
      Povoado N. Sra. Socorro
Clique no mapa para ampliar
Fonte: SEPLAN - GO

Curiosidades...


  • Ficam em Abadia de Goiás as 6 mil toneladas de lixo radioativo recolhido das áreas contaminadas pelo Césio-137, acidente ocorrido em Goiânia no ano de 1987, a criação do distrito e do município foi uma forma de "agradecimento" à população local por ter aceitado receber em suas terras material radiativo...
  • O brasão do município possui o símbolo da radioatividade lembrando o episódio...

Histórico dos Prefeitos

01/01/1997 - 12/06/1997 - Maria Telma Miranda Ortegal (PMDB)
16/06/1997 - 31/12/2000 - Valdeci Salviano Mendoça (PMDB) 
01/01/2001 - 31/12/2004 - Valdeci Salviano Mendonça (PMDB) 
01/01/2005 - 20/05/2005 - Willian Mário de Lúcia (PSDB)  
21/05/2005 - 31/12/2008 - Antomar Moreira dos Santos (PMDB)  
01/01/2009 - 31/12/2012 - Valdeci Salviano Mendonça (PMDB)  
01/01/2013 - 31/12/2016 - Romes Gomes e Silva (PSDB) 

Hino Municipal

         SEM INFORMAÇÕES...

Fotos do Município


Entrada da Cidade
Foto: Panorâmio
Igreja Matriz de Abadia de Goiás
Foto: Panorâmio
Avenida Comercial - Centro da Cidade
Foto: Panorâmio

CNEM - Comissão Nacional de Energia Nuclear
Laboratório de controle dos resíduos do Césio-137
Fotos: Panorâmio

Parque Estadual Telma Ortegal - criado pela Lei 12.789 de 26/12/1995
Depósito definitivo dos resíduos do Césio-137
Fotos: Panorâmio
___________________________________________________________________________


Página atualizada em: 14/03/2014

Se você tiver mais informações sobre o município deixe seu comentário ou entre em contato conosco: projetogoias@hotmail.com


Abadiânia

Município de Abadiânia

Entrada da Cidade

Bandeira

Brasão
Data de Emancipação: 20/10/1953
Data da Instalação: 01/01/1954
Município de Origem: Corumbá de Goiás
Aniversário: 20/10 (59 anos/emancipação)
Gentílico: Abadianense
Prefeito 2013/2016Wilmar Gomes Arantes (PR) 
N° de Vereadores: 11
CEP: 72.940-000

Localização
 
Ficheiro:Goias Municip Abadiania.svg
16° 12' 14" S 48° 42' 25" O


Mesorregião: Leste Goiano
Microrregião: Entorno de Brasília
Municípios Limítrofes: Corumbá de Goiás e Alexânia (N), Alexânia (L), Silvânia, Gameleira de Goiás e Anápolis (S), Anápolis e  Pirenópolis (O).
Distância até a Capital: 84 km


Características Geográficas


Área: 1.044,159 km² (GO: 104°)
População: 16.408 habest. 2012  (GO: 64°)
Densidadade Demográfica: 15,71 hab./km²
Altitude: 1052 m

Indicadores

IDH: 0,723  est. 2000 (GO: 165°)
PIB: R$ 82.400.000,00 est. 2009 (GO: 116°)

Evolução Populacional


            Levando em consideração que o município foi criado em 1953 e instalado somente em 1954, abaixo segue a evolução populacional de Abadiânia:

             1960 --->   8.186      
             1970 --->   7.793     
             1980 --->   9.005
             1985 ---> 10.013 
             1991 --->   9.402
             1996 ---> 10.144
             2000 ---> 11.452
             2007 ---> 12.640
             2010 ---> 15.752
             2012 ---> 16.408
Fonte: IBGE
Histórico

            Os responsáveis pelo povoamento da Região foram os habitantes de Corumbá de Goiás, atraídos pela fertilidade das terras para a exploração agrícola e pastoril, nas margens do Rio Capivari e Córrego Caruru. A fundação do povoado se processou em 1874  com a realização de rezas, sob a direção de Dona Emerenciana, primeira  moradora do local, onde se originou o núcleo urbano, inicialmente, o movimento dos fiéis se fazia em modesta capelinha de pau-a-pique; mais tarde, as festividades religiosas transformaram-se em grandes romarias em louvor a Nossa Senhora da Abadia, e foram o fator principal para o crescimento da povoação.
             Em 17 de agosto de 1895, após a realização da romaria, Dona Emeremciana obteve de João José da Maia, Manoel Gomes Ferreira, Joaquim de Souza Cordeiro e outros doação do terreno para a formação do patrimônio, cujo nome inicial foi “Posse”, decorrente do ato natural de posse dos primeiros moradores.
           Pelo Decreto-Lei Estadual nº 8305, de 31 de dezembro de 1943, o povoado passou à condição de distrito, do Município de  Corumbá de Goiás com a denominação de “Abadiânia”, instalado oficialmente em 2 de janeiro de 1944.
            O município foi criado em 20 de outubro de 1953 através da Lei Estadual n° 832, sendo o território desmembrado do município de Corumbá de Goiás. Instalado em 01 de janeiro de 1954.
         Com o advento da BR-153 – Belém-Brasília e a má localização da Sede Municipal, decidiu-se a transferência para as margens da citada rodovia, pela Lei Municipal nº 11, de 3 de agosto de 1960, efetivando-se a mudança em 15 de setembro de 1963. A antiga sede retornou à condição de  distrito, com a denominação de Posse d’Abadia, pela Lei Municipal nº 67, de 12 de setembro de 1963.
Fonte: IBGE

Origem do nome

           O topônimo Abadiânia foi escolhido em louvor à Padroeira do então povoado, Nossa Senhora da Abadia.

Formação Administrativa

  • Distrito criado com a denominação de Abadiânia ex-povoado de Posse, pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943,  subordinado ao município de Corumbá de Goiás.
  • No quadro para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de Abadiânia figura no município de Corumbá de Goiás.
  • Elevado à categoria de município com a  denominação de Abadiânia, pela lei estadual nº 832, de 20-10-1953, desmembrado de Corumbá de Goiás. Sede no antigo distrito de Abadiânia. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.
  • No quadro fixado para vigorar no período de 1954-1958, o município é constituído do distrito sede.
  • Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-07-1960.
  • Pela Lei Municipal nº 11, de 03-08-1960, decidiu-se a transferência da sede municipal para as margens da rodovia BR-153, efetivando-se a mudança em 15-09-1963. 
  • Pela lei municipal nº 67, de 12-09-1963, a antiga sede municipal foi transformada em distrito com a denominação de Posse d’Abadia.
  • Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído de 2 distritos: Abadiânia e Posse d’Abadia.
  • Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2010.
Fonte: IBGE

Distritos e Povoados


O município de Abadiânia possui os seguintes núcleos urbanos:
  
Distrito: 

Povoados:
  • Santa Lúcia
  • Planalmira
  • Três Veredas

Climatologia


Fonte: Tempo Agora

Páginas do Município


Bairros e Mapas

A zona urbana da cidade de Abadiânia está divida em 08 bairros/setores:

01. Central (Centro)
02. Dorothy Almada
03. Jardim Santa Fé
04. Lindo Horizonte
05. Prolongamento I
06. Prolongamento II
07. Prolongamento Lindo Horizonte 
08. Vila Bastos

Clique no mapa para ampliar
Fonte: SEPLAN - GO

Curiosidades...

  • A cidade é famosa internacionalmente por sediar a Casa Dom Inácio de Loyola, onde o médium João Teixeira de Faria (que se auto intitula "João de Deus") realiza curas e cirurgias espirituais, atraindo anualmente grande número de visitantes, de diversas partes do mundo.

Histórico dos Prefeitos


01/01/1954 - 31/12/1996- ???
01/01/1997 - 31/12/2000 - Francisca Leda de Oliveira Almada (PSDB)
01/01/2001 - 31/12/2004 - Francisca Leda de Oliveira Almada (PSDB)
01/01/2005 - 31/12/2008 - Itamar Vieira Gomes (PTB)
01/01/2009 - 31/12/2012 - Itamar Vieira Gomes (PP)
01/01/2013 - 31/12/2016 - Wilmar Gomes Arantes (PR)


Hino Municipal

Tu nasceste de um sopro de Deus és a senhora
Teu olhar maternal nos conduz.
Quero cantar-te
Expressão dos pensamentos meus
Elevar-te bem alto para alegria dos filhos teus.

Tem beleza mocidade
No planalto é a mais pequenina
No futuro serás grande, pois ainda é cidade menina.

Fotos do Município

Câmara Municipal de Abadiânia
Foto: Panorâmio
Prefeitura Municipal de Abadiânia
Foto: Panorâmio

Praça da Matriz - Centro de Abadiânia
Foto: Panorâmio

Igreja Matriz de São Pedro e São Paulo
Foto: Prefeitura Municipal

Vistas do Lago Corumbá IV
Fotos: Panorâmio
Avenida Otacílio F. de Lima
Foto: Panorâmio
Praça de Abadiânia
Foto: Panorâmio
___________________________________________________________________________


Página atualizada em: 01/02/2013

Se você tiver mais informações sobre o município deixe seu comentário ou entre em contato conosco: projetogoias@hotmail.com